quarta-feira, 5 de junho de 2013

SHAMA SE REUNE COM CONSULTORA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA


No dia 31 de maio, diretores da Associação Homossexual de Ajuda Mútua-Shama receberam a visita de Bárbara Amaral, Consultora da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República-SDH/PR. Bárbara Amaral veio conhecer o trabalho da Shama e colher dados sobre o funcionamento do Disque 100, telefone que recebe denúncias sobre violência homofóbica em todo o país. “Sabemos que as ONGs LGBTs estão recebendo denúncias deste telefone, nosso objetivo é fazer com que o Estado dê respostas mais ágeis e eficazes às estas demandas, para isso, estamos conhecendo a realidade dos andamentos dos casos juntos às instituições e entidades visando construir vínculos mais atuantes entre o Estado e a sociedade civil”, informou a consultora, vendo com bons olhos a criação do Núcleo de Divrsidade Sexual da Prefeitura Municipa de Uberlândia, que deverá tornar-se interlocutor da SDH/PR.
“Estamos enviando à SDH/PR todos os relatórios de denúncias de violação de direitos humanos LGBTs em andamento na nossa entidade, contribuindo, assim, para a criação de um Banco de Dados nacional e com toda a linkagem proposta entre instituições para intensificar e aperfeiçoar o sistema de denúncias e andamento das mesmas, estamos satisfeitos com a iniciativa da Consultora por ter destacado a Shama e mais ainda por ter incluído Uberlândia em seu roteiro de trabalho que se restringia apenas às capitais”, declarou o presidente da Shama, Marcos Andre Martins.
Além do tema do Disque 100, a Consultora colheu informações sobre a Parada do Orgulho LGBT local, a Lei que instiuiu o Dia Municipal de Conscientização à Homofobia e o debate em torno da criação de um Centro de Referência Municipal. “Pelo amplo espectro de denúncias que recebemos, um Núcleo será importante, inclusive, para formatar um Centro de Referência e ambos poderão contar com a nossa presença”, disse a consultora.