quinta-feira, 12 de maio de 2016

Aconteceu em Uberlândia o Encontro Fórum Técnico Plano Estadual de Educação, etapa Triângulo Norte



Aconteceu no último dia 06/05, no auditório da UNIUBE, Campus Rondon, em Uberlândia o nono Encontro Regional Fórum Técnico Plano Estadual de Educação, etapa Triângulo Norte.

O objetivo dos fóruns que acontecem nas principais cidades polos do interior do Estado, é receber, até o dia 20 de maio, contribuições (alterações e novas propostas para o PEE) para etapa final do evento, entre 15 e 17 de junho, na sede do Parlamento mineiro em Belo Horizonte.

A interiorização do Fórum Técnico Plano Estadual de Educação tem a finalidade de discutir com a sociedade o Plano Estadual de Educação, para que os parlamentares possam aprimorar a proposição que tramita na Assembleia. 

Entre as diretrizes estabelecidas pelo Plano Estadual de Educação estão a erradicação do analfabetismo; a universalização do atendimento escolar; a superação das desigualdades educacionais; a melhoria da qualidade da educação; a formação para o trabalho e para a cidadania; a promoção do princípio da gestão democrática da educação pública; a promoção humanística, científica, cultural e tecnológica do País; a aplicação de recursos públicos que assegurem atendimento às necessidades de expansão, com padrões de qualidade e equidade; a valorização dos profissionais da educação; e a promoção dos princípios do respeito aos direitos humanos, à diversidade e à sustentabilidade socioambiental.

O Coordenador do Núcleo de Diversidade Sexual (NUDS), equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Trabalho, e membro fundador do Grupo Shama, Marcos Martins, esteve presente, compondo o “Grupo de trabalho 02 - Inclusão educacional, diversidade e equidade”, onde na oportunidade apresentou e defendeu proposta para que seja incluido no PEE (Planao Estadual de Educação) garantias para que os profissionais de educação possam discutir identidade de gênero e orientação sexual nas salas de aulas e outros espaços de aprendizagens. A proposta foi acatada por unanimidade e segue para apreciação na etapa final em BH. “Aqui em Uberlândia e cidades do entorno já realizamos (Grupo Shama e NUDS), rodas de conversas com profissionais da educação na escolas públicas estaduais, em parceria com a SRE, com o objetivo de levar conhecimento e estratégias para esses profissionais sobre a diversidade sexual e seus desdobramentos no âmbito do espaço escolar, efetivando a promoção, defesa, garantia e educação em Direitos Humanos, salientou o coordenador do NUDS”.